Como fidelizar clientes da sua autoescola?

Fidelizar clientes é uma tarefa difícil em qualquer tipo de negócio. Mas quando se trata de autoescola, é possível aplicar técnicas extremamente eficazes para reter clientes. Isso é importante, uma vez que adquirir um novo cliente costuma custar de cinco a sete vezes o valor de manter um antigo, segundo o papa do marketing, Philip Kotler.

E você, já pensou o quanto de dinheiro tem perdido nos últimos tempos por não investir em fidelização? Fidelizar clientes torna-se ainda mais vantajoso quando isso reflete no bom e velho marketing boca a boca. Quem já é seu cliente fiel não hesitará em indicar a sua autoescola, trazendo novas vendas, a custo praticamente zero.

Quer saber como é fácil implementar táticas de fidelização na sua autoescola? Confira o post de hoje e comece a economizar já, retendo clientes na sua autoescola e aumentando a sua lucratividade em passos simples e rápidos.

#1 Para fidelizar clientes, se relacione

Parte importante da nossa vida está ligada aos nossos relacionamentos. Sejam eles amorosos ou com amigos e família, relacionar-se é fundamental para a nossa convivência. E é isso que você precisa fazer com os clientes da sua autoescola.

Que tal, na data de aniversário do cliente, enviar um e-mail parabenizando-o? Ou ainda um SMS, mostrando que seu CFC lembrou este importante momento. Ações simples como essa, que podem ser automatizadas e personalizadas com o nome do cliente, têm um importante papel na construção desse relacionamento.  Afinal, você está entrando em contato para falar sobre ele, e não para vender algo. E isso faz toda a diferença.

#2 Informe sobre assuntos relevantes

Você sabe quantos motoristas formados pelo seu CFC precisarão renovar sua CNH no próximo mês? Se sim, você os avisa que o prazo está chegando? Se a sua resposta for negativa para uma dessas perguntas, saiba que você está desperdiçando claras oportunidades de negócio.

Obter esse tipo de dado e comunicar o seu cliente, seja por SMS, e-mail ou ligação, pode ser simples e fácil usando a ferramenta certa. “João, sua CNH vence no próximo dia 19. Entre em contato com a autoescola e agende sua renovação agora mesmo”. Essa pode ser a mensagem enviada automaticamente para toda a sua base de clientes, assim que as datas de renovação forem chegando. Incrível, não é mesmo?

Com pouco esforço, você gera mais negócios e mostra que sabe o que acontece com quem já contratou os serviços da sua autoescola. O resultado? Fidelizar clientes será rotina na sua empresa.

#3 Use as redes sociais

Ainda sobre relacionamentos, não poderíamos deixar passar a importância do uso das redes sociais. Esteja, sempre, em contato com o seu público, afinal, já dizia o velho ditado, “quem não é visto não é lembrado”. Ter página no Facebook, por exemplo, é obrigatório.

Para quem tiver mais à frente, Instagram e outras redes também podem ser uma boa escolha. Mas atenção para a dica de ouro: relacionar-se não quer dizer postar apenas propaganda da sua autoescola nas redes.

Produza conteúdo de qualidade, que faça com que os seus clientes realmente sintam interesse em saber o que você tem a falar. Dê dicas de trânsito, curiosidades sobre veículos, informe sobre novas leis… Enfim, use a criatividade para sair do óbvio e encantar seus seguidores. O resultado virá no aumento da sua receita. 

#4 Envie e-mails periódicos com dicas e novidades

Spam ninguém gosta de receber, não é mesmo? E é exatamente isso que você não vai fazer caso queira fidelizar os seus clientes. O e-mail é extremante assertivo quando se envia uma mensagem clara e segmentada, e não quando ele é adotado exclusivamente para bombardear a caixa de entrada alheia com propaganda sobre sua autoescola.

Por isso, use esse canal para disparar e-mails com conteúdo relevante, como novas leis e conteúdos sobre trânsito. Aproveite para, de forma sutil, manter os seus clientes informados sobre as novidades da sua empresa. Surgiu uma promoção nova? A autoescola trocou a frota? Tem nova sede surgindo? Todos esses assuntos podem ser abordados em e-mails para a sua base de clientes, sempre com o objetivo de relacionar para fidelizar.

Mas lembre-se: de forma sutil, sem exagerar. Se você não seguir essas regras básicas para uso de e-mail, é possível que o destino das suas mensagens seja o lixo eletrônico.

E então, essas técnicas já são aplicadas no seu negócio? Você já conta com um software capaz de fornecer todas as informações necessárias para traçar essas estratégias? Conte pra gente pelos comentários e até a próxima. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *