6 dicas para criar proximidade com o aluno no CFC

Relacionamento: Substantivo masculino que se refere ao ato ou efeito de relacionar(-se). Capacidade de manter relacionamentos, de conviver bem com seus semelhantes e, neste caso, criar proximidade com o aluno.

A princípio a definição da palavra relacionamento é algo simples de entender.

Mas, na prática, sabemos que o processo de manter relacionamentos ativos, próximos e saudáveis com os seus clientes pode ser, acima de tudo, uma tarefa desafiadora. 

A construção da proximidade entre a autoescola e seus alunos requer empenho, assim como, dedicação e empatia por parte do CFC.

Separamos estas 6 dicas para te ajudar a criar proximidade com o seu aluno. Esperamos que elas sejam úteis para você! Vamos lá?

1 – Preste um bom atendimento

A primeira dica que separamos para você é focada em seu atendimento ao cliente. 

No dia a dia da sua autoescola, as coisas podem ficar corridas. Entretanto, o atendimento ao cliente é algo que sempre deve ser prestado com o máximo de empatia e proatividade. 

Busque sempre receber o cliente com um sorriso no rosto ou na voz, assim como, tratar ele com segurança, clareza, objetividade e transparência.

Resolver suas pendências com agilidade e mostrar a ele que você está verdadeiramente interessado em ajudar, auxilia a construir a confiança do seu cliente em seu CFC.

2 – Se interesse pelo seu dia a dia

Seja em aula teórica ou prática, sempre tire um tempo para checar como estão os seus alunos.

A sua autoescola deve influenciar positivamente em seu dia e fazer com que o aluno se sinta bem-vindo e acolhido por seus colegas, professores e pelos funcionários.

Se importar com o bem-estar de seus clientes deve fazer parte da cultura da empresa. Como resultado, ajudará a sua autoescola a se aproximar cada vez mais do seu cliente e mantê-lo satisfeito.

3 – Se adapte às necessidades e individualidades dele

Como indivíduos somos diferentes uns dos outros, e os alunos do seu CFC não fogem a essa regra.

Cada um de seus clientes apresenta necessidades diferentes. Estas necessidades podem estar relacionadas a diversos fatores.

Dentre eles, disponibilidade, no caso de um trabalhador; orçamento quando se tratam de estudantes ou pessoas de baixa renda; deficiências, sejam elas físicas ou mentais; ou assim como, sua origem, no caso de imigrantes. 

Sua autoescola precisa se mostrar aberta a compreender e abraçar essas necessidades.

Pois, o aluno que não sente empatia de sua autoescola por suas individualidades, se sentirá afastado e não se tornará um promotor dela.

4 –  Produza materiais de apoio que aumentem a proximidade com seu aluno

Esperar que o aluno se torne um indicador de negócios do seu CFC, quando ele está recebendo somente o necessário para completar o curso ao qual se inscreveu, não é uma forma prática e efetiva de assegurar a satisfação do seu cliente. 

Por isso, produzir materiais extras que o auxiliem e o engajem ao curso que está desempenhando na sua autoescola é uma boa alternativa.

Imagine receber um informativo sobre dicas para aliviar a ansiedade e se preparar para o exame psicotécnico, ou ganhar um folder que descreve quais as principais causas de reprovação no exame teórico, ou até mesmo, possuir diversas orientações para o teste de direção no Instagram da sua autoescola disponíveis para você. 

Essas iniciativas têm o poder de encantar e engajar o seu cliente, tornando-o cada vez mais próximo do seu CFC.

5 – Lembre do aluno em datas comemorativas

O ditado popular diz que “quem não é visto, não é lembrado”. Entretanto, no caso do seu CFC, os alunos atuais e até mesmo alunos que já terminaram suas jornadas, devem ser lembrados e mantidos em pauta no relacionamento pós-venda.

Cada pequena ação importa! Seja um cartão de aniversário, um lembrete de vencimento de sua CNH, bem como um cupom de desconto para a renovação da mesma.

Manter contato com seu aluno te ajudará a obter proximidade e um bom relacionamento com ele. Desta forma, mantê-lo fidelizado a sua autoescola.

6 – Solicite seu feedback sobre cada etapa do serviço adquirido

Por fim, o ideal é sempre coletar o feedback dos clientes sobre a empresa. Desta maneira, você conseguirá que o seu aluno esteja realmente próximo de sua autoescola e a mantenha em mente para futuros serviços ou indicações.

Cada opinião, seja ela boa ou ruim, ainda sim, pode te ajudar a alavancar cada vez mais o desempenho do seu CFC. Pois, afinal, é prestando atenção e aprendendo com o seu aluno, ou até mesmo errando, que se aprende. E acredite, o seu cliente tem muito a te ensinar.

Portanto, seguindo essas dicas, você deve conseguir construir um relacionamento próximo e ativo com seus alunos. E como resultado, elevar sua satisfação e a taxa de indicações simultaneamente.

Quer conhecer um sistema de gestão completo, desenvolvido para atender todas as demandas da sua autoescola, e que te ajudará a manter a proximidade com os seus alunos? CLIQUE AQUI e saiba mais sobre o Autodata Online.

Leave A Comment