Veja como aumentar os ganhos na autoescola com estas 5 dicas

Qualquer proprietário de uma autoescola vê em seu negócio uma oportunidade que gera lucros. Porém, mais do que gerar lucros, é preciso entender que este lucro precisa ser recorrente e que crescente.

Certamente você já parou para ver que o mercado mudou e está cada vez mais exigente. Com isso, as empresas se forçam a otimizar seus processos internos, de forma que consigam reduzir custos se mantendo competitivas. Para quem tem uma autoescola, o desafio é ainda maior. Com tanta competição pela atenção dos alunos, usar a criatividade para encontrar maneiras de aumentar os ganhos na autoescola é quase que obrigatório.

Para um Centro de Formação de Condutores, existem duas vertentes que podem ser exploradas para ampliar os rendimentos: agregar novos serviços à sua oferta, e melhorar aspectos internos para atrair e fidelizar os clientes.

Nesse artigo, vamos apresentar 5 dicas para aumentar os ganhos na autoescola e conquistar uma vantagem competitiva perante a concorrência. Acompanhe.

1. Ministrar aulas para habilitados

Naturalmente, o principal motivo que leva as pessoas a procurarem os serviços de um CFC é obter a primeira habilitação. No entanto, conquistar a CNH não quer dizer que o habilitado será um motorista pronto para dirigir.

Por mais que tenham passado em todos os testes escritos e psicotécnicos, na hora de partir para as aulas práticas de volante, muitos habilitados não possuem segurança e confiança para assumir a direção de um carro. Como consequência, o que eles precisam é de mais prática e treinamento, antes de encararem a pressão de ter que ser aprovado em um exame prático.

Nesse cenário, a autoescola é o local mais indicado para o aperfeiçoamento. Oferecer aulas práticas para motoristas habilitados é, portanto, uma possibilidade que precisa ser explorada pela sua empresa. Além de prestar um serviço importante, você estará diversificando o negócio e aumentando os lucros.

Por mais que existam empresas especializadas em treinamento para habilitados, elas somente podem vender seus serviços para quem já possui uma CNH. Portanto, as aulas para quem está passando pelo processo de primeira habilitação, somente poderão ser oferecidas pelos Centros de Formação de Condutores, devidamente autorizados pelos Órgãos de Trânsito.

2. Fidelizar os clientes

O cliente é o maior patrimônio de uma Autoescola. Mais do que simples retórica, essa é uma afirmação real que merece a devida atenção. Não basta apenas fornecer o serviço. É essencial criar uma relação com seu cliente e se tornar referência para ele.

A ideia é manter o vínculo com ações simples. Como exemplos, podemos citar o seguinte:

  • Enviar mensagens em datas especiais ou lembrar sobre o vencimento da carteira
  • Necessidade de executar determinados procedimentos
  • Enviar artigos sobre educação no trânsito e direção defensiva
  • Parabenizá-los pela passagem do aniversário

Isso cria uma relação de confiança e faz com que o cliente não precise buscar outras soluções. Além disso, ele pode se tornar um evangelizador da sua empresa, passando a recomendar sua autoescola para amigos e familiares.

3. Marcar presença na internet

Com o amplo uso dos dispositivos móveis, as pessoas usam a internet e os aplicativos para encontrar todos os serviços que precisam. Dessa forma, ter um site com bom posicionamento nas buscas é fundamental para estar perto do seu público-alvo.

Além de permitir que seu CFC seja facilmente encontrado, é possível oferecer serviços online, como o agendamento de aulas, envio e retirada de documentos. É importante destacar que não basta apenas ter um site, é necessário que ele rode bem em qualquer tamanho de tela, e que as respostas sejam dadas em tempo hábil.

Não se esqueça, também, de divulgar sua marca e serviços nas redes sociais, interagindo com os clientes. Esta é uma estratégica que ajuda a solidificar o nome da empresa e a “marcar território” no ambiente digital.

Para ajudar no posicionamento do seu site, comece a oferecer conteúdos de qualidade para seu público. Tenha um blog no site do seu CFC e publique artigos de forma recorrente. Mas certifique-se de que estará fornecendo conteúdos relacionados ao que as pessoas costumam procurar na internet. Não use este canal apenas para falar de você.

4. Realizar parcerias para aumentar os ganhos na autoescola

O contato com associações e empresas públicas é uma medida que pode ajudar a aumentar os ganhos na autoescola. Esta é uma forma de criar uma relação de parceria com beneficio para todos.

Dentro de um programa de parcerias, as organizações recomendam – aos seus associados – serviços de qualidade com descontos, vantagens ou facilidades de pagamento. Dessa forma, o CFC chegar a um público específico através de publicidade com baixo custo. Como resultado, tem a garantia de aumento da carteira de clientes.

Naturalmente, os associados darão preferência aos serviços das autoescolas recomendadas por suas instituições de referência.

Outra boa dica é a realização de convênios com escolas e universidades. Nestes ambientes encontram-se a maioria das pessoas que estarão dirigindo dentro de alguns anos. Portanto, são pessoas pertencentes ao principal público-alvo do CFC.

5. Otimizar a gestão

Por fim, não se pode oferecer serviços de qualidade com eficiência sem organizar os procedimentos internos. Nesse sentido, a informatização é condição essencial na busca pela excelência e consequente aumentar os ganhos da autoescola. 

Os recursos e ferramentas oferecidos por um bom sistema de gestão de autoescolas vão facilitar o trabalho e, mais do que isso, ajudar na implementação das sugestões anteriores. Por fim, mas não menos importante, a informatização permite que o gestor tenha indicadores que ajudam na tomada de decisão e avaliação das medidas, no sentido de afirmar sua eficácia ou apontar a necessidade de ajustes.

E você, como faz para aumentar os ganhos na Autoescola? Deixe seu comentário e até a próxima. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *